Painel de Câncer Hereditário

Análise genética para identificar o risco hereditário de câncer.

Câncer hereditário, painel de 40 genes.

O câncer e sua classificação
Segundo o instituto nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), o câncer pode ser definido como o conjunto de mais de 100 doenças que tem em comum o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem os tecidos e órgão, podendo irradiar para outras regiões do corpo.

O câncer pode ser classificado de acordo com suas características principais, especialmente o ritmo de divisão celular e a composição do tecido onde foi originado. Quando há divisão rápida, estas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores (acumulo de células cancerosas) ou neoplasias malignas. Já o tumor benigno se trata simplesmente de uma massa localizada de células que se multiplicam vagarosamente e se assemelham ao seu tecido original, raramente constituindo um risco de vida.

O que causa o câncer?
A ocorrência do câncer e de etiologia multifatorial, ou seja tem origem na combinação de vários fatores inter-relacionados, podendo ser externos ou internos ao organismo, Segundo o INCA, 80% a 90% dos canceres estão associados a fatores ambientais (externos), sendo que o surgimento do câncer depende da intensidade e duração da exposição das células aos agentes causadores de câncer. Alguns deles tem associação bem estabelecida – cigarro e câncer de pulmão ou exposição excessiva ao sol e câncer de pele, por exemplo, enquanto outros ainda estão em estudo ou ainda permanecem completamente desconhecidos.

As causas internas são na maioria das vezes, geneticamente pré-determinadas, estão ligadas a capacidade do organismo de se defender das agressões externas. Esses fatores causais podem interagir de várias formas, aumentando a probabilidade de transformações malignas nas células normais.

Câncer e hereditariedade

O conjunto de informações relacionadas a organização das estruturas, às formas e as atividades das células no organismo está contido nos genes. Estas unidades de informações são compostas por cadeia de ácidos desoxirribonucleico (DNA) de comprimentos variados e conferem a cada ser uma identidade única baseada na combinação do material genético de seus genitores.

Durante o ciclo celular, uma célula normal pode sofrer alterações no DNA, conhecidas como mutação, e passa a receber instruções equivocadas para as suas atividades de crescimento e reprodução. Tais alterações podem ocorrer em genes especiais denominados proto-oncogenes e acarretar em perda do controle sobre a multiplicação e consequente malignização celular. Estas alterações podem ser transmitidas a gerações futuras através do DNA multado e são responsáveis pelo surgimento de diversos tipos de tumores hereditários.

O teste

O exame “PAINEL DE CÂNCER HEREDITÁRIO” é um teste genético feito em amostra de sangue total em que são analisados, de uma só vez 40 genes comprovadamente relacionados ao surgimento de vários tipos de câncer por meio da metodologia de Sequenciamento de Novas Gerações (INGS)

Nesse sentido o estudo de múltiplos genes oferecidos pelo teste torna-se interessante na medida em que o desenvolvimento de um determinado tipo de câncer pode estar ligado a mais de um gene, além de ser uma ferramenta importante que contribui para o Aconselhamento Genético.

*O exame sequencia 40 genes

Como fazer o exame?

Escolha e agende seu exame

Após escolher o exame desejado, converse com o seu médico para que ele possa lhe orientar e prescrever o exame se for recomendado. Feito isso, entre em contato com o Laboratório Fleming e agende seu exame.

É simples e rápido

O exame genético é feito a partir de uma amostra de sangue ou saliva. Clique aqui e saiba o tipo de material coletado nesse exame. A coleta é realizada no Laboratório Fleming, localizado na Rua Anchieta, 324, Centro – Jundiaí/SP.

Receba suas informações e converse com seu médico

Assim que o relatório estiver pronto, o resultado estará disponível em nosso site. Você receberá um e-mail com os dados de acesso. Clique aqui para ver o prazo de entrega do resultado.

Jejum não obrigatório.

O exame é realizado a partir da coleta de sangue.

A coleta é realizada no Laboratório Fleming, de segunda a sexta-feira das 6h30 as 17hs, ou de acordo com a disponibilidade de atendimento.

Pedido Médico.
Documento.

35 dias corridos.

R$ 2.290,00

Câncer gástrico, melanoma, câncer colorretal, câncer de mama e ovários, câncer de pâncreas, gliomas tumores cerebrais, tumores na bexiga, câncer de próstata, pulmão, síndrome de Lynch, síndrome de Cowden, entre outros.

Relação Gene X Tipo de Câncer (Síndrome ou tumor):

APC: Polipose adenomatosa familiar.

ATM: Múltiplos tumores: câncer de mama, melanoma, meduloblastoma, glioma, meningioma, carcinoma basocelular, hepatocarcinoma.

BAP1: Múltiplos tumores: melanoma uveal e mesotelioma maligno, melanomas cutâneos, carcinomas basocelulares e carcinoma de células renais.

BARD1: Câncer de Mama e Ovário.

BLM: Síndrome de Bloom, Câncer Colorretal.

BMPR1A: Síndrome da polipose juvenil, Doença de Cowden.

BRCA1: Síndrome de Câncer Hereditário de Mama de Ovário.

BRCA2: Síndrome de Câncer de Mama de Ovário.

BRIP1: Câncer de Mama.

CDH1: Câncer gástrico hereditário.

CDK4: Melanoma.

CDKN2A: Melanoma.

CHEK2: Câncer de Mama.

EPCAM: Câncer Colorretal Hereditário.

FANCC: Anemia de Fanconi, Leucemia Mieloide Aguda, vários tumores.

GREM1: Câncer colorretal.

MEN1: Neoplasia endócrina múltipla tipo 1.

MET: Carcinoma renal papilar hereditário.

MLH1: Síndrome de Lynch.

MRE11A: Câncer de Mama e Ovário.

MSH2: Síndrome de Lynch.

MSH6: Síndrome de Lynch.

MUTYH: Polipose, Câncer colorretal.

NBN: Multiplos tumores: meduloblastoma, melanoma, mama, próstata, ovário, pulmão e câncer colorretal.

NF1: Gliomas, tumores cerebrais.

PALB2: Câncer de Mama.

PALLD: Câncer de Pâncreas.

PMS2: Síndrome de Lynch.

POLD1: Câncer Colorretal.

POLE: Câncer Colorretal.

PTCH1: Vários tumores: Bexiga.

PTEN: Síndrome de Cowden.

RAD50: Câncer de Mama.

RAD51C: Câncer de Mama.

RECQL: Câncer de Mama.

RET: Neoplasia endócrina múltipla tipo 2, tumores endócrinos.

SMAD4: Câncer de pancreas, Síndrome de polipose juvenil.

STK11: Síndrome de Peutz-Jeghers, câncer colorretal, gástrico, pancreático, mama e ovário.

TP53: Síndrome de Li-Fraumeni, vários tumores.

VHL: Síndrome de Von Hippel-Lindau.

Formato de resultado do exame PAINEL DE CÂNCER HEREDITÁRIO

Método: PCR (reação em cadeia da polimerase) seguido por sequenciamento de nova geração

Os diferentes tipos de câncer correspondem aos vários tipos de células do corpo. Por exemplo, existem diversos tipos de câncer de pele porque a pele é formada de mais de um tipo de célula. Se o câncer tem início em tecidos epiteliais como pele ou mucosas ele é denominado carcinoma. Se começa em tecidos conjuntivos como osso, músculo ou cartilagem é chamado de sarcoma.

Outras características que diferenciam os diversos tipos de câncer entre si são a velocidade de multiplicação das células e a capacidade de invadir tecidos e órgãos vizinhos ou distantes (metástases).

Entre em contato para agendar seu exame!
Outros exames que você pode se interessar