Painel Farmacogenético – Neuro Epilepsia

O teste estuda qual o melhor e mais adequado medicamento para cada paciente, de acordo com suas características genéticas.

Farmacogenética das epilepsias:

A epilepsia, também conhecida como transtorno convulsivo, é uma doença crônica caracterizada por uma tendência a ter convulsões recorrentes, as quais podem ocasionar consequências neurobiológicas, cognitivas e psicológicas no paciente.

A incidência acumulada de epilepsia até os 80 anos de idade alcança 3%. Aproximadamente de 5 a 10% da população passará por uma crise ao longo de sua vida e até 20% deles terão crises recorrentes.

A Farmacogenética estuda como as diferenças genéticas entre os indivíduos influenciam na distinta resposta aos medicamentos. Em consequência, a análise genética dos polimorfismos implicados na distinta resposta ao tratamento farmacológico da epilepsia, pode ser de grande importância em um grupo considerável de pacientes.

Como fazer o exame?

Escolha e agende seu exame

Após escolher o exame desejado, converse com o seu médico para que ele possa lhe orientar e prescrever o exame se for recomendado. Feito isso, entre em contato com o Laboratório Fleming e agende seu exame.

É simples e rápido

O exame genético é feito a partir de uma amostra de sangue ou saliva. Clique aqui e saiba o tipo de material coletado nesse exame. A coleta é realizada no Laboratório Fleming, localizado na Rua Anchieta, 324, Centro – Jundiaí/SP.

Receba suas informações e converse com seu médico

Assim que o relatório estiver pronto, o resultado estará disponível em nosso site. Você receberá um e-mail com os dados de acesso. Clique aqui para ver o prazo de entrega do resultado.

Jejum não obrigatório.

O exame é realizado a partir da coleta de sangue.

A coleta é realizada no Laboratório Fleming de segunda a sexta – feira das 6h30 às 17hs, ou de acordo com a disponibilidade de atendimento.

Pedido Médico.

Documento.

Questionário de FG -Farmacogenética.

35 dias úteis.

R$3.990,00

  • Perfil FG – Neuro Epilepsia está indicado para:
    Pacientes em tratamento com antiepilépticos que desejem personalizar o tratamento com base no seu perfil genético.
  • Pacientes nos quais o tratamento com antiepilépticos não apresentem os resultados esperados.

OTC

CPS1

POLG

HLA

CYP2C19

CYP2C9

DRD2/ANKK1

UGT2B15

CYP3A4

Perfil genético FG – Neuro Epilepsia

O perfil genético FG – Neuro Epilepsia estuda as principais enzimas metabolizadoras, transportadoras e alvos implicados na atividade dos fármacos antiepilépticos. A análise proporciona informação relevante sobre os 11 fármacos mais utilizados, a partir do estudo de 16 polimorfismos genéticos, descritos na bibliografia científica, presentes nas enzimas do sistema citocromo P450: CYP2C9, CYP2C19, CYP3A4; nos complexos HLA-A e HLA-B; e nos genes: POLG, CPS1, OTC, DRD2/ANKK1 e UGT2B15.

Moléculas estudadas: Ac. Valpróico*, Carbamazepina*, Clobazam*, Diazepan*, Fenitoína*, Fenobarbital, Lamotrigina, Levetiracetam, Oxcarbazepina, Primidona, Zonisamida.

*Medicamentos para os que o FDA (Food and Drug Admnistration – EUA) e/ou EMEA (European Medicine Agency), aprovaram a inclusão em suas etiquetas de informação farmacogenômica.

A informação apontada pela análise, permite selecionar o fármaco mais adequado e orientar de forma individualizada a dose mais ajustada para cada paciente. O laudo também documenta o estado dos transportadores e alvos necessários, para garantir a ação terapêutica. Isso resultará em uma maior eficácia do tratamento e uma redução significativa das reações adversas.

Entre em contato para agendar seu exame!
Outros exames que você pode se interessar